Sementes vs poupança

Chegaram esta semana umas coisinhas para os meus pequenos.

Umas misturas de sementes que vão ser muito importantes para a época de criação.

Sendo um naturalista, o uso de alimentação o mais natural possível torna-se agora ainda mais uma realidade. Antigamente apanhava sementes verdes pelo campo para dar ás aves, em especial a milhã (Digitaria sanguinalis) e uma poaceae (Poa annua), mas que obrigava a  ter de percorrer vários campos para obter algumas sementes. Irei continuar a colher sementes para poupar uns trocos, mas o facto de ter onde ir adquirir sementes de ervas daninhas em embalagens, poupa-me de um trabalho gigante e aumenta a quantidade disponível para as aves em tempo útil. As aves agradecem e eu também.

 

Abaixo uma das sementes:

img_9435

Phleum pratense

A Phleum pratense pertence á família das Poeacea e aparece em meados da Primavera. Nasce em matagais e terrenos ou relvados húmidos.

p_pratense

No seguimento do material que chegou, veio uma mistura para exóticos africanos.

Na qual as aves comem tudo a 100% não havendo sementes no comedouro para deitar fora, como acontecia com outras misturas. Desta forma poupo ao ano algum dinheiro em excessos de sementes que pago e as aves não comem.

img_9439Mistura para exóticos africanos

Para terminar este pequeno post, um miminho para as aves…..

img_9431

Pinkies

Os bicos de lacre foram os que mais adoraram esta sobremesa seca. Adquirem assim alguma proteína extra para a época de criação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s